Beleza e Saúde

Anorexia e Bulimia Não Levam a Nada

Uma adolescente que a princípio queria perder 2 kilos, depois mais 2, depois mais 2 e quando se deu conta e viu a sua situação ou melhor na verdade elas nunca vêem, ai já não conseguia mais parar, estava obcecada, e o pior, não conseguia ver que aquilo tudo não era algo normal, não era uma amiga (Ana), era uma doença. ANOREXIA. Transtornos alimentares como anorexia e bulimia são doenças que começam com uma idéia que surge quando você abre uma revista e se depara com uma modelo linda e magra, ou quando assiste a uma edição de desfile e vê que suas pernas não são tão finas pra usar aquele short. Idéias assim surgem todos os dias nas cabeças de inúmeras garotas que sonham ser magras e se deixando levar e tentando adotar um padrão que não lhes pertence. Sonhando com um universo que não existe. A preocupação com o peso e a forma corporal cada vez mais levam as pessoas a iniciar dietas progressivas e mais seletivas, evitando aos máximos alimentos de alto teor calórico. Este tipo de comportamento pode levar a distúrbios alimentares, como a anorexia e a bulimia. Não há uma única causa para explicar o desenvolvimento da anorexia e bulimia. Contudo, a extrema valorização da magreza e o preconceito com a gordura nas sociedades ocidentais estão fortemente associados à ocorrência destes distúrbios. A comunicação social é uma das causas dos transtornos alimentares, visto que impõe o estereótipo em que a magreza é um fator essencial para o sucesso social e econômico. As adolescentes são o grupo de maior risco. No entanto, há casos de todas as idades, de ambos os sexos. As principais conseqüências da anorexia e bulimia são alterações ao nível cardiovascular, gastrointestinal, depressão, fadiga e comportamento obsessivo-compulsivo. Em casos mais graves, estes problemas alimentares conduzem mesmo à morte. Cuidado não vale à pena perde a vida por uma beleza que um dia você irá perde ao passar dos anos.

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.