Entretenimento

Como Andar de Salto Alto – Dicas

Toda mulher que coloca um salto já ganha outro aspecto a fisionomia já muda e com certeza as mulheres ficam mais elegantes com qualquer salto alto. Isto porque quando as mulheres colocam o salto, a postura fica mais correta, além de deixar a mulher com uma sedução incrível. Os saltos normalmente vêm com um suporte na frente para não ficar tão inclinado os pés, alem de oferecer mais conforto conforme a mulher caminhar. Só que muitas mulheres não conseguem se mantiver equilibrada e isso torna um grande desafio.

Se você possui salto e não consegue se equilibrar quando está andando com ele, não tenha vergonha, você não é a única, pois muitas mulheres também não conseguem manter o equilíbrio por causa da altura do salto e é sobre esse equilíbrio que o nosso blog vai dar dicas para que você possa andar corretamente de salto sem problemas nenhum.

Dicas Para Andar de Salto

•    Quando você For comprar um salto, ao experimentá-lo fique na ponta dos pés, sem encostar o salto no chão. Se você agüentar mais de 5 segundos, o salto é ideal para você. Se não agüentar, e começar a dobrar os joelhos, ele não é o salto Ideal.

•    Não ande rápido, o Salto tende a diminuir os seus passos, por isso não adianta ficar abrindo muito as pernas porque o salto exige passos menores.

•    Assegure-se de que primeiro pisa o salto e depois o bico, portanto não tente pisar reto, encostando os dois juntos ao chão, porque o salto precisa encostar primeiro.

•    Solte os Quadris, porque o salto ele tem o poder de deixar o seu quadril solto, deixando o seu andar radiante. Por isso solte o corpo e deixe o salto fazer o trabalho dele naturalmente. O Quadril fica solto mesmo, não se preocupe.

•    Pratique muito em casa e preste a atenção por onde você anda, para não tropeçar e não dar tropicões.

Com essas dicas com certeza você conseguirá andar de salto perfeitamente com um andar radiante. Qualquer dúvida deixe-a aqui em forma de comentário para que possamos lhe ajudar.

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Rubens Ricardo Gianesella disse:

    Olá.

    Não havendo interesse, solicito a gentileza de encaminharem este e-mail para quem possa se interessar. Fico antecipadamente grato.

     

    Muitas mulheres dizem que não sabem andar de salto alto, e – o que é pior – outras acham que sabem, mas andam muito mal.

     

    Venho oferecer um curso para as interessadas. Sou professor de salto alto, mas já adianto que sou hétero, pois normalmente pensam que se trata de um cross-dresser, travesti, drag queen… Informo que sou bem macho mas, ainda assim, ensino as mulheres a andar com elegância, classe, desenvoltura, segurança e graciosidade. Segue a descrição do curso, cuja leitura eu “recomêindo”… 🙂  :

     

                                           Curso “Como andar (bem!) de salto alto”

    O curso é composto por 4 aulas, uma por semana, com “lições de casa” para os 6 dias entre  uma aula e outra:

     

    1ª Aula:

    •             Aprender a andar de salto é como aprender a tocar violão: 1. Aprender a Técnica e 2. Desenvolver musculatura e Memória Muscular;

    •             Os vários tipos de calçado e suas características de estrutura e acabamento;

    •             A difícil arte de escolher um sapato: Preço alto nem sempre é sinônimo de qualidade;

    •             Joanetes, joelhos e coluna;

    •             “Fofinhos” de silicone versus palmilhas para tênis recortadas;

    •             Como saber qual a altura máxima de salto para um andar natural e elegante;

    •             Exercício respiratório;

    •             Postura: Coluna cervical, coluna lombar, ombros;

    •             Exercício de distribuição de peso nos pés.

    “Lição de casa”:

    •             Exercício de equilíbrio estático;

    •             Exercício de equilíbrio dinâmico ou “vai-e-vem”.

     

    2ª Aula:

    •             “Tomar a lição de casa” e apontar correções;

    •             Demonstração dos andares horrorosos: Troglodita, Chaplin, papagaio, pernas abertas, pedalada, “bico pro céu”, andar de saracura, caubói, etc.

    •             Extensão do passo, rotação do quadril, balanço do quadril;

    •             O passo correto: pisar sem peso, depois transferir o peso – sem perder a postura;

    •             Exercícios de passo correto (“dedinho da mão na parede” para ajudar o equilíbrio).

    “Lição de casa”:

    •             Exercício respiratório;

    •             Exercício do passo correto em câmara lenta;

    •             Mesmo exercício em câmara superlenta;

    Começa com “dedinho da mão na parede” e vai se desvencilhando dessa referência  conforme vai adquirindo o equilíbrio necessário.

    •             Andar em velocidade normal, com atenção à postura.

     

    3ª Aula:

    •             “Tomar a lição de casa” e apontar correções;

    •             Demonstração do “software mental” que reduz a sensação de altura do salto – exercício com “tabuinhas” de 1,5cm de altura;

    •             Demonstração dos andares possíveis, desde “quadril duro” até “sexy desvairada”;

    •             Exercícios desses andares em aula;

    •             Andar com os pés alinhados (chiquérrimo!);

    •             Andar é uma coisa; ficar parada em cima de saltos é outra…

    “Lição de casa”:

    •             Exercício respiratório;

    •             Exercício dos andares, de quadril duro a “rebolation”;

    •             Exercício de andar com os pés alinhados;

    •             Definição, andando contra o espelho, do andar que se quer adotar;

    •             Exercício de ficar parada em cima de saltos, assistindo à televisão.

     

    4ª Aula:

    •             “Tomar a lição de casa” e apontar correções;

    •             “Cat walk”;

    •             Extensão do passo movimentação do quadril no “Cat Walk”;

    •             Rampas e escadas.

    •             Dicas;

    •             O passo duplo para não cair se levar um encontrão lateral;

    •             Acostumar-se com um sapato novo, antes de sair usando.

    “Lição de casa”:

    •             Exercício respiratório;

    •             Exercício de equilíbrio “Tentando se Auto-derrubar”;

    •             Exercício do passo correto em câmara lenta;

    •             Mesmo exercício em câmara superlenta;

    •             Andar em torno do quarteirão com salto bem alto.

     

    •             Encerramento, brincadeira da entrega de certificado de conclusão do curso de salto alto do Prof. Rubens (certificação como “High Heeled Woman”  ).

     

    Preço (há quem chame de “investimento”): a combinar

    Local: Pode ser na minha casa, que fica no Alto de Pinheiros (Diógenes, perto da Saint Etiène), ou na casa de uma das alunas, ou no salão de malhação do condomínio, ou em sua empresa; enfim, local não é problema.

     

    Rubens Ricardo Gianesella

    Cel. 99518.5722

    rubensrg@hotmail.com

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.